7 de set de 2010

12 linhas inventadas

 É no silêncio das vozes que os olhos falam
 É num pequeno ato que você se entrega
 É por um instante que você desiste
 Apesar dos erros, ainda insiste.

 Não adianta tentar falar mais alto que a voz da razão
 Ela é pior que você
 Mais manipuladora
 E está usurpando seu coração (e você nem percebe)

 Na solidão entre a multidão
 Um abraço já te serve
 Aquelas mãos te acolhem
 Você já não tem mais escolha quando passa a gostar do que é errado .

Nenhum comentário:

Postar um comentário